Google+ Followers

domingo, 18 de março de 2012

Vestibular - UPE/2013 - Programa de Língua Portuguesa

VESTIBULAR SERIADO – UPE/2013
PROGRAMA SSA 2013 LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA
SSA – 1ª Série/2013
1. Leitura, compreensão e interpretação de elementos do texto: análise de textos jornalísticos, de teor informativo e/ou de divulgação científica, e de anúncios publicitários, buscando identificar: 1.1 propriedades específicas dos seus modos de organização; 1.2 conteúdo global e atribuição coerente de título, de divisão paragráfica de um texto e de outras normas gráficas de apresentação; 1.3 estratégias de manutenção da unidade temática do texto e de sua progressão; 1.4 relação entre informações do texto e conhecimentos prévios; 1.5 identificação das palavras e ideias-chave do texto; 1.6 recursos lexicais e gramaticais da coesão do texto; 1.7 elementos da continuidade referencial do texto: emprego de substantivos e determinantes, de pronomes e expressões de valor temporal ou espacial; 1.8 aspectos semânticos do vocabulário da língua (noções de polissemia, sinonímia, antonímia, hiperonímia, partonímia, campo semântico); 1.9 identificação dos recursos linguísticos em relação ao contexto em que o texto é construído (elementos de referência pessoal, temporal, espacial, registro linguístico, grau de formalidade, seleção lexical, tempos verbais); 1.10 reconhecimento da organização da macroestrutura semântica e das relações lógico-semânticas de articulação, como: adição, explicação, conclusão, oposição, restrição, temporalidade, finalidade, comparação, alternância, concessão etc.
2. Aspectos gramaticais e construção do texto - 2.1 Emprego de verbos (regulares e irregulares): efeitos de sentido provocados pelo uso dos diferentes tempos e modos verbais; 2.2 Usos da língua culta: normas da concordância e da regência verbal; 2.3 O emprego do sinal indicativo da crase; 2.4 Efeitos dos sinais de pontuação; 2.5 Convenções ortográficas.
3. Análise linguística e reflexão sobre a língua - 3.1 Introdução às noções de norma e de variação linguística: variação linguística em decorrência de contextos regionais e sociais; marcas dos vários níveis de linguagem (do mais formal ao mais informal), nas modalidades oral e escrita da língua; o preconceito linguístico.
Literatura Brasileira
1. O texto literário. 1.1 - conceitos; especificidades, características e funcionalidade. 1.2. estilo individual, estilo de época, texto e contexto social e histórico.
2. Funções da linguagem. 2.1 – as funções da linguagem no estudo do texto literário e não-literário. 2.2 – conotação e denotação na análise de texto literário e não-literário.
3. Gêneros literários. 3.1 – lírico, épico, narrativo (conto, crônica, romance e novela) e dramático. 3.2 – Aspectos constitutivos dos gêneros literários.
4. A plussignificação da linguagem literária. 4.1 – Intertextualidade e Interdiscursividade. 4.2 – Paródia e paráfrase.
5. Estudo da gênese da literatura brasileira. 5.1 – a influência da literatura portuguesa na formação da literatura brasileira: da era medieval ao classicismo de Camões. 5.2 - A informação e a missão - a literatura de viagens e a de catequese.
6. O Quinhentismo. 6.1 – contexto social e histórico: o estudo da produção literária do Brasil colonial. 6.2 – A Carta de Caminha e Crônicas dos Viajantes.
7. O Seiscentismo. 7.1 – contexto social e histórico: o estudo da produção literária da época seiscentista. 7.2 - a poesia de Gregório de Matos, os Sermões de Padre Antônio Vieira.
8. O Setecentismo. 8.1 – contexto social e histórico: o estudo da produção literária do período setecentista. 8.2 - O arcadismo mineiro - o épico, o lírico e o satírico. Cláudio Manoel da Costa. Tomás Antônio Gonzaga – José Basílio da Gama.

Obras Literárias para o 1º Ano do Ensino Médio.
(As obras indicadas estão destacadas com a cor azul)
1. GONZAGA, Tomás Antônio. Cartas Chilenas. São Paulo: Martin Claret, 2007.
2. LISPECTOR, Clarice. Laços de Família. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2011.
3. MATOS, Gregório de. Antologia. Porto Alegre: L&PM Editores, 1999.
4. OLIVIERI, Antonio Carlo e VILLA, Marco Antonio (Org.). Cronistas do Descobrimento. Série Bom Livro. São Paulo: Editora Ática, 1999.
5. TORERO, José Roberto e PIMENTA, Marcus Aurelius. Terra Papagalli. Rio de Janeiro, 2010.
6. VICENTE, Gil. Auto da Barca do Inferno. São Paulo: Martin Claret, 2010.

Sugestão de Filmes para o 1º Ano do Ensino Médio
Título no Brasil: Carlota Joaquina, Princesa do Brasil Título Original: Carlota Joaquina - Princesa do Brasil País de Origem: Brasil Gênero: Comédia Tempo de Duração: 100 minutos Ano de Lançamento: 1995 Estúdio/Distribuidora.: Europa Filmes Direção: Carla Camurati

Título no Brasil: O Nome da Rosa Título Original: Der Name Der Rose País de Origem: França / Itália / Alemanha Gênero: Suspense Tempo de Duração: 131 minutos Ano de Lançamento: 1986 Estúdio/Distribuidora: Warner Home Video Direção: Jean-Jacques Annaud

Título no Brasil: Caramuru - A Invenção do Brasil Título Original: Caramuru - A Invenção do Brasil País de Origem: Brasil Gênero: Comédia Classificação etária: 12 anos Tempo de Duração: 85 minutos Ano de Lançamento: 2001 Estúdio/Distrib.: Sony Pictures Direção: Guel Arraes

Título no Brasil: Narradores de Javé Título Original: Narradores de Javé País de Origem: Brasil / França Gênero: Drama Tempo de Duração: 100 minutos Ano de Lançamento: 2003 Direção: Eliane Caffé

SSA – 2ª Série/2013
1- Leitura, compreensão e interpretação de elementos do texto: análise de textos narrativos, de diferentes gêneros e esferas discursivas, como, por exemplo, notícia, crônica, conto, história, canção, fábula, piada, lenda, etc., buscando identificar: 1.1 Propriedades específicas dos elementos de organização narrativa; 1.2 Relações entre diferentes tipos de linguagem e seus respectivos recursos expressivos; 1.3 Propósitos comunicativos do texto; 1.4 Papéis sociais dos interlocutores e sua repercussão na construção do texto; 1.5 Relações do texto com seu contexto espaço-temporal e cultural de produção e circulação; 1.6 Relações do texto com outros textos (intertextualidade); 1.7 Informações explícitas e implícitas veiculadas no texto e produção de inferências; 1.8 Efeitos de ênfase, contraste, ironia, atenuação, gradação, dúvida, humor, etc., obtidos por meio de certos recursos lexicais e gramaticais; 1.9 Procedimentos de coesão por substituição gramatical e lexical; 1.10 Relações coesivas e semânticas entre palavras, orações, períodos ou parágrafos, promovidas por conectivos ou sequenciadores.
2. Aspectos relativos à construção do textos: 2.1 Interpretação de imagens, gráficos, tabelas, mapas, entre outros gêneros que se organizam em torno de recursos multimodais. 2.2 Efeitos de sentido (surpresa, dúvida, ênfase, contraste, adesão, discordância, ironia, humor), provocados pelo uso de certas palavras e expressões ou de recursos gráficos como uso de parênteses, aspas, travessões, tipos de letras; 2.3 Efeitos de sentido provocados pelo emprego da linguagem figurada (metáforas, metonímias, entre outras); 2.4 Traços semânticos de radicais, prefixos e sufixos.
3. Análise linguística e reflexão sobre a língua: 3.1 Normas da concordância e da regência verbal; 3.2 Colocação das palavras, com destaque para a produção de sentidos em decorrência da posição da palavra no enunciado; 3.3 Emprego do sinal indicador da crase; 3.4 Emprego da pontuação.

Literatura Brasileira SSA 2
1. O Romantismo. 1.1 – contexto social e histórico: o estudo da produção literária do período romântico brasileiro. 1.2 – as fases da poesia romântica: nacionalista, ultrarromântica e social. 1.3 – a prosa romântica: indianista e urbana. 1.3 – A literatura de transição de Manoel Antonio de Almeida. 1.4 – o estudo das principais obras dos seguintes autores: Gonçalves Dias, Álvares de Azevedo, Castro Alves, Joaquim Manoel de Macedo, José de Alencar e Manuel Antonio de Almeida.
2. O Realismo. 2.1 – contexto social e histórico: o estudo da produção literária do período realista do Brasil. 2.2 – a relação entre o paradigma racionalista e a construção da estética realista e naturalista do Brasil. 2.3 - prosa  as idiossincrasias da literatura de Machado de Assis e de Aluísio Azevedo. 2.4 – poesia parnaso-simbolista: o esteticismo de Olavo Bilac entre o sensualismo e o perfeccionismo do verso, e Cruz e Souza entre o misticismo e a revolta contra o preconceito racial.

Obras Literárias Sugeridas para o 2º Ano do Ensino Médio. (Todas as obras indicadas)
1. ALVES, Castro et al. Antologia de poesia brasileira: romantismo. São Paulo: Ática, 1998.
2. ALENCAR, José de. Senhora. São Paulo: Ática, 1998.
3. ASSIS, Machado de. Memórias Póstumas de Brás Cubas. São Paulo: Ática, 1998.
4. AZEVEDO, Aluísio. O cortiço. São Paulo: Ática, 1998.
              5. ALMEIDA, Manoel Antonio de. Memórias de Um Sargento de Milícia. São Paulo, Editora Moderna, 2011.

Sugestão de Filmes para o 2º Ano do Ensino Médio
              Título no Brasil: Memórias Póstumas Título Original: Memórias Póstumas País de Origem: Brasil Gênero: Comédia Tempo de Duração: 102 minutos Ano de Lançamento: 2001 Site Oficial: http://www.brasfilmes.com.br/memori aspostumas/ Estúdio/Distribuidora.: Europa Filmes Direção: André Klotzel

               Título no Brasil: Sociedade dos Poetas Mortos Título Original: Dead Poets Society País de Origem: EUA Gênero: Drama Classificação etária: 12 anos Tempo de Duração: 129 minutos Ano de Lançamento: 1989 Estúdio/Distribuidora.: Walt Disney Direção: Peter Weir

              Título no Brasil: Guerra de Canudos Título Original: Guerra de Canudos País de Origem: Brasil Gênero: Drama Tempo de Duração: 170 minutos Ano de Lançamento: 1997 Estúdio/Distribuidora.: Sony Pictures Direção: Sergio Rezende

             Título no Brasil: Meia-Noite em Paris Título Original: Midnight in Paris País de Origem: Espanha / EUA Gênero: Comédia / Romance Classificação etária: 12 anos Tempo de Duração: 100 minutos Ano de Lançamento: 2011 Estréia no Brasil: 17/06/2011 Estúdio/Distrib.: Paris Filmes Direção: Woody Allen


SSA – 3ª Série/2013
1- Leitura, compreensão e interpretação de elementos do texto: análise de elementos da argumentação em gêneros diversos, como, artigos de opinião, entrevistas, charges, anúncios publicitários, fábulas etc., buscando reconhecer: 1.1 A tese e seus argumentos de sustentação e/ou de refutação; 1.2 Os mecanismos enunciativos (formas de agenciamento de diferentes pontos de vista na textualização, uso dos elementos de modalização); 1.3 A citação como elemento argumentativo; 1.4 Os conectivos e expressões adverbiais com valor argumentativo; 1.5 A organização e progressão temática; 1.6 O tema principal de um texto; 1.7 As relações temáticas entre textos; 1.8 A síntese de textos ou de parágrafos; 1.9 As informações implícitas; 1.10 As relações entre textos verbais e elementos gráficos; 1.11 A relação entre informações do texto e conhecimentos prévios; 1.12 Ambiguidade, ironia, opiniões e valores no texto; 1.13 Os modos de organização da composição textual (tipos textuais narrativo, descritivo, argumentativo, injuntivo, dialogal); 1.14 A organização da macroestrutura semântica (dimensão conceitual), articulação entre as ideias/proposições (relações lógico-semânticas).
2- Usos e formas de acesso aos gêneros digital: impacto e função social.
3. Relações semântico-sintáticas de coordenação e subordinação: 3.1 Relações lógico-discursivas (causalidade, temporalidade, conclusão, comparação, finalidade, oposição, condição, explicação, adição, entre outras) estabelecidas entre parágrafos, períodos ou orações; 3.2 Elementos referenciadores e sequenciadores do texto; 3.3 Aplicações e usos das relações semântico-sintáticas de coordenação e subordinação na produção textual.
              4. Análise linguística e reflexão sobre a língua: 4.1 Aspectos linguísticos da construção do gênero textual; 4.2 Estudo de aspectos formais do uso da língua: normas da ortografia oficial, regência e concordância, crase e colocação pronominal; 4.3 Análise estilística e semântica no nível morfossintático; 4.4 Reconhecimento da construção linguística da superfície textual: o uso de conectores, referência dêitica, sequencialização dos parágrafos; 4.5 Compreensão de processos interpretativos inferenciais: metáfora e metonímia.

Literatura Brasileira SSA 3
1. Pré-modernismo. 1.1 - contexto social e histórico: o estudo da produção literária da época. 1.2 – o estudo dos seguintes autores e suas principais obras: Euclides da Cunha, Lima Barreto, Monteiro Lobato e Augusto dos Anjos.
2. As Vanguardas Européias. 2.1 - contexto social e histórico: o estudo das diversas influências estéticas na literatura da época. 2.2 – futurismo, cubismo, dadaísmo, expressionismo, impressionismo e surrealismo.
3. Modernismo. 3.1 – Primeira Fase: A Semana de Arte de 22: a inovação de Mario de Andrade, Oswald de Andrade e Manuel Bandeira. 3.2 - Segunda Fase – o Modernismo de 30: a poesia nas suas múltiplas faces: Cecília Meireles, Carlos Drummond de Andrade e Vinícius de Moraes. 3.3 – O Regionalismo Nordestino: a narrativa vigorosa, a denúncia social e a forte oralidade na ficção Rachel de Queiroz, José Lins do Rêgo, Graciliano Ramos e Jorge Amado. 3.4 - Terceira Fase - a GERAÇÃO de .45: João Cabral de Melo Neto ( o poeta engenheiro); Clarice Lispector (epifania clariciana) e João Guimarães Rosa (a linguagem reinventada).
4. Tendências da Literatura Contemporânea. 4.1 – Poesia Concretista: Ferreira Gullar, Decio Pignatari e Os Irmãos Campos. 4.2 – As peculiaridades da produção literária dos seguintes autores: Mario Quintana, Paulo Leminski, Adélia Prado e Raimundo Carrero. 4.3 - O teatro brasileiro. - A visão inovadora de Nelson Rodrigues. 5.2 – A denúncia social, o humor e a ironia de Ariano Suassuna.
Obras Literárias Sugeridas para o 3º Ano do Ensino Médio
(As obras indicadas estão destacadas na cor azul)
1. ANDRADE, Carlos Drummond de. A rosa do povo. Rio de Janeiro: Record, 2001.
2. BANDEIRA, Manuel. Estrela da vida inteira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2007.
3. CARRERO, Raimundo. A História de Bernarda Soledade. Recife: Editora Bagaço, 2005.
4. LISPECTOR, Clarice. A hora da estrela. Rio de Janeiro: Rocoo, 2010.
5. MELO NETO, João Cabral de. Morte e vida Severina. Alfaguara Brasil, 2007.
6. RAMOS, Graciliano. Vidas secas. Rio de Janeiro: Record, 2006.
7. RODRIGUES, Nelson. Boca de ouro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2004.
8. ROSA, João Guimarães. Primeiras estórias. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005.
9. SUASSUNA, Ariano. A Farsa da Boa Preguiça. Rio de Janeiro: José Olympio, 2007.

Sugestão de Filmes para o 3º Ano do Ensino Médio
              Título no Brasil: Baile Perfumado Título Original: Baile Perfumado País de Origem: Brasil Gênero: Drama Tempo de Duração: 93 minutos Ano de Lançamento: 1997 Direção: Paulo Caldas / Lírio Ferreira

              Título no Brasil: Diários de Motocicleta Título Original: The Motorcycle Diaries País de Origem: Argentina / EUA / Inglaterra / Cuba / Alemanha / México / Chile / Peru / França Gênero: Drama Tempo de Duração: 130 minutos Ano de Lançamento: 2004 Estréia no Brasil: 07/05/2004 Site Oficial: http://www.motorcyclediaries.net/ Estúdio/Distrib.: Buena Vista Direção: Walter Salles

              Título no Brasil: A Hora Da Estrela Título Original: A Hora da Estrela País de Origem: Brasil Gênero: Drama Tempo de Duração: 96 minutos Ano de Lançamento: 1986 Site Oficial: Não tem. Estúdio/Distribuidora.: Não tem. Direção: Suzana Amaral

              Título no Brasil: O Auto da Compadecida Título Original: O Auto da Compadecida País de Origem: Brasil Gênero: Comédia Tempo de Duração: 104 minutos Ano de Lançamento: 2000 Site Oficial: Não tem. Estúdio/Distribuidora.: Sony Pictures Direção: Guel Arraes

VV


VESTIBULAR TRDICIONAL – UPE/2013
PROGRAMAS VESTIBULAR 2013
PROGRAMA DE LÍNGUA PORTUGUESA
1.Propriedades e modos de organização de gêneros textuais orais e/ou escritos, de esferas discursivas diversas (literária, jornalística, publicitária etc.), considerando também as especificidades relacionadas aos tipos textuais (narração, descrição, exposição, argumentação e injunção).
2. Gêneros digitais: usos, impacto e função social.
3. Interpretação de imagens, gráficos, tabelas, mapas, entre outros gêneros que se organizam em torno de recursos multimodais.
4. Relações do texto com seu contexto espaço-temporal e cultural de produção e circulação.
5. Papéis sociais dos interlocutores e sua repercussão na construção do texto.
6. Argumentação e formas de apresentação de diferentes pontos de vista.
7. Identificação de informações implícitas, produção de inferências, relação entre informações do texto e conhecimentos prévios.
8. Estratégias de construção e manutenção da unidade temática do texto, de sua progressão e de sua coerência global.
9. Atribuição coerente de título, divisão pertinente de parágrafos e uso de convenções gráficas de apresentação do texto.
10. Princípio da intertextualidade (relações entre diferentes textos), inclusive o reconhecimento de sínteses ou paráfrases de textos ou parágrafos e o valor argumentativo da citação.
11. Relações entre diferentes tipos de linguagem e seus respectivos recursos expressivos.
12. Efeitos de sentido provocados pelo uso da linguagem figurada (metáforas, metonímias, entre outras).
13. Efeitos de sentido (surpresa, dúvida, ênfase, contraste, adesão, discordância, ironia, humor etc.), provocados pelo uso de certas palavras e expressões ou de recursos gráficos como emprego de parênteses, aspas, travessões, tipos de letras e outros recursos multimodais.
14. Efeitos de sentido decorrentes do emprego expressivo dos sinais de pontuação.
15. Aspectos semânticos do vocabulário da língua (noções de polissemia, sinonímia, antonímia, hiperonímia, partonímia, campo semântico etc.).
16. Colocação das palavras, com destaque para a produção de sentidos em decorrência da posição da palavra no enunciado.
17. Traços semânticos de radicais, prefixos e sufixos.
18. Procedimentos de coesão por reiteração: repetição (paráfrase, paralelismo, repetição de unidades lexicais e gramaticais); substituição gramatical (retomada por pronome e por advérbio), lexical (retomada por sinônimo, por hiperônimo e por caracterizador situacional) e por elipse.
19. Relações coesivas promovidas pelo léxico, evidenciadas pela associação de sentido entre palavras da mesma área semântica.
20. Relações coesivas e semânticas (de causalidade, temporalidade, finalidade, condicionalidade, comparação, oposição, adição, conclusão, explicação, restrição etc.), entre orações, períodos ou parágrafos, sinalizadas pelos diferentes tipos de expressões conectivas ou sequenciadoras (conjunções, preposições, advérbios e respectivas locuções).
21. Norma e preconceito linguístico; variação linguística em decorrência da diversidade de contextos socioculturais em que a língua se insere; marcas dos vários níveis de linguagem (do mais formal ao mais informal), nas modalidades oral e escrita da língua;
22. Convenções ortográficas.
23. Recursos de ampliação do vocabulário da língua (processos de formação de palavras, neologismos e estrangeirismos, atribuição de novos significados a palavras já existentes).
24. Normas da flexão dos verbos (regulares e irregulares).
25. Padrões de concordância e de regência verbal e nominal; emprego do sinal indicador da crase.
Literatura Brasileira
•1. O texto literário. 1.1 - conceitos; especificidades, características e funcionalidade. 1.2. estilo individual, estilo de época, texto e contexto social e histórico. 2. Funções da linguagem. 2.1 – as funções da linguagem no estudo do texto literário e não-literário. 2.2 – conotação e denotação na análise de texto literário e não-literário. 3. Gêneros literários. 3.1 – lírico, épico, narrativo (conto, crônica, romance e novela) e dramático. 3.2 – Aspectos constitutivos dos gêneros literários. 4. A plussignificação da linguagem literária. 4.1 – Intertextualidade e Interdiscursividade. 4.2 – Paródia e paráfrase. 5. Estudo da gênese da literatura brasileira. 5.1 – a influência da literatura portuguesa na formação da literatura brasileira: da era medieval ao classicismo de Camões. 5.2 - A informação e a missão - a literatura de viagens e a de catequese.6. O Quinhentismo. 6.1 – contexto social e histórico: o estudo da produção literária do Brasil colonial. 6.2 – A Carta de Caminha e Crônicas dos Viajantes. 7. O Seiscentismo. 7.1 – contexto social e histórico: o estudo da produção literária da época seiscentista. 7.2 - a poesia de Gregório de Matos, os Sermões de Padre Antônio Vieira. 8. O Setecentismo. 8.1 – contexto social e histórico: o estudo da produção literária do período setecentista. 8.2 - O arcadismo mineiro - o épico, o lírico e o satírico. Cláudio Manoel da Costa. Tomás Antônio Gonzaga – José Basílio da Gama. 9. O Romantismo. 9.1 – contexto social e histórico: o estudo da produção literária do período romântico brasileiro. 9.2 – as fases da poesia romântica: nacionalista, ultrarromântica e social. 1.3 – a prosa romântica: indianista e urbana. 9.3 – A literatura de transição de Manoel Antonio de Almeida. 9.4 – o estudo das principais obras dos seguintes autores: Gonçalves Dias, Álvares de Azevedo, Castro Alves, Joaquim Manoel de Macedo, José de Alencar e Manuel Antonio de Almeida. 10. O Realismo. 10.1 – contexto social e histórico: o estudo da produção literária do período realista do Brasil. 10.2 – a relação entre o paradigma racionalista e a construção da estética realista e naturalista do Brasil. 10.3 - prosa  as idiossincrasias da literatura de Machado de Assis e de Aluísio Azevedo. 10.4 – poesia  parnaso-simbolista: o esteticismo de Olavo Bilac entre o sensualismo e o perfeccionismo do verso, e Cruz e Souza entre o misticismo e a revolta contr11. Pré-modernismo. 11.1 - contexto social e histórico: o estudo da produção literária da época. 1.2 – o estudo dos seguintes autores e suas principais obras: Euclides da Cunha, Lima Barreto, Monteiro Lobato e Augusto dos Anjos. 12. As Vanguardas Européias. 12.1 - contexto social e histórico: o estudo das diversas influências estéticas na literatura da época. 12.2 – futurismo, cubismo, dadaísmo, expressionismo, impressionismo e surrealismo. 13 Modernismo. 13.1 – Primeira Fase: A Semana de Arte de 22: a inovação de Mario de Andrade, Oswald de Andrade e Manuel Bandeira. 13.2 - Segunda Fase – o Modernismo de 30: a poesia nas suas múltiplas faces: Cecília Meireles, Carlos Drummond de Andrade e Vinícius de Moraes. 13.3 – O Regionalismo Nordestino: a narrativa vigorosa, a denúncia social e a forte oralidade na ficção  Rachel de Queiroz, José Lins do Rêgo, Graciliano Ramos e Jorge Amado. 3.4 - Terceira Fase - a GERAÇÃO de .45: João Cabral de Melo Neto ( o poeta engenheiro); Clarice Lispector (epifania clariciana) e João Guimarães Rosa (a linguagem reinventada). 14. Tendências da Literatura Contemporânea. 14.1 – Poesia Concretista: Ferreira Gullar, Decio Pignatari e Os Irmãos Campos. 14.2 – As peculiaridades da produção literária dos seguintes autores: Mario Quintana, Paulo Leminski, Adélia Prado e Raimundo Carrero. 14.3 - O teatro brasileiro. - A visão inovadora de Nelson Rodrigues. 5.2 – A denúncia social, o humor e a ironia de Ariano Suassuna.
OBRAS LITERARIAS (As obras indicadas estão destacdas com a cor azul)
1. GONZAGA, Tomás Antônio. Cartas Chilenas. São Paulo: Martin Claret, 2007.
2. LISPECTOR, Clarice. Laços de Família. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2011.
3. MATOS, Gregório de. Antologia. Porto Alegre: L&PM Editores, 1999.
4. OLIVIERI, Antonio Carlo e VILLA, Marco Antonio (Org.). Cronistas do Descobrimento. Série Bom Livro. São Paulo: Editora Ática, 1999.
5. TORERO, José Roberto e PIMENTA, Marcus Aurelius. Terra Papagalli. Rio de Janeiro, 2010.
6. VICENTE, Gil. Auto da Barca do Inferno. São Paulo: Martin Claret, 2010.
7. ALVES, Castro et al. Antologia de poesia brasileira: romantismo. São Paulo: Ática, 1998.
8. ALENCAR, José de. Senhora. São Paulo: Ática, 1998.
9. ASSIS, Machado de. Memórias Póstumas de Brás Cubas. São Paulo: Ática, 1998.
10. AZEVEDO, Aluísio. O cortiço. São Paulo: Ática, 1998.
11. ALMEIRDA, Manoel Antonio de. Memórias de Um Sargento de Milícia. São Paulo, Editora Moderna, 2011.
12. ANDRADE, Carlos Drummond de. A rosa do povo. Rio de Janeiro: Record, 2001.
13. BANDEIRA, Manuel. Estrela da vida inteira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2007.
14. CARRERO, Raimundo. A História de Bernarda Soledade. Recife: Editora Bagaço, 2005.
15. LISPECTOR, Clarice. A Hora da Estrela. Rio de Janeiro: Rocoo, 2011.
16. MELO NETO, João Cabral de. Morte e vida Severina. Alfaguara Brasil, 2007.
17. RAMOS, Graciliano. Vidas secas. Rio de Janeiro: Record, 2006.
18. RODRIGUES, Nelson. Boca de ouro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2004.
19. ROSA, João Guimarães. Primeiras estórias. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005.
20. SUASSUNA, Ariano. A Farsa da Boa Preguiça. Rio de Janeiro: José Olympio, 2007.
21. ALVES, Castro et al. Antologia de poesia brasileira: romantismo. São Paulo: Ática, 1998.

22. ASSIS, Machado. Dom Casmurro. São Paulo: Ática, 1998.

Sugestão de Filmes
Título no Brasil: Carlota Joaquina, Princesa do Brasil Título Original: Carlota Joaquina - Princesa do Brasil País de Origem: Brasil Gênero: Comédia Tempo de Duração: 100 minutos Ano de Lançamento: 1995 Site Oficial: Estúdio/Distribuidora.: Europa Filmes Direção: Carla Camurati
Título no Brasil: O Nome da Rosa Título Original: Der Name Der Rose País de Origem: França / Itália / Alemanha Gênero: Suspense Tempo de Duração: 131 minutos Ano de Lançamento: 1986 Site Oficial: Estúdio/Distribuidora: Warner Home Video Direção: Jean-Jacques Annaud

Título no Brasil: Caramuru - A Invenção do Brasil Título Original: Caramuru - A Invenção do Brasil País de Origem: Brasil Gênero: Comédia Classificação etária: 12 anos Tempo de Duração: 85 minutos Ano de Lançamento: 2001 Site Oficial: Estúdio/Distrib.: Sony Pictures Direção: Guel Arraes
Título no Brasil: Narradores de Javé Título Original: Narradores de Javé País de Origem: Brasil / França Gênero: Drama Tempo de Duração: 100 minutos Ano de Lançamento: 2003 Site Oficial: Estúdio/Distrib.: Direção: Eliane Caffé
Título no Brasil: Memórias Póstumas Título Original: Memórias Póstumas País de Origem: Brasil Gênero: Comédia Tempo de Duração: 102 minutos Ano de Lançamento: 2001 Site Oficial: http://www.brasfilmes.com.br/memori aspostumas/ Estúdio/Distribuidora.: Europa Filmes Direção: André Klotzel
Título no Brasil: Sociedade dos Poetas Mortos Título Original: Dead Poets Society País de Origem: EUA Gênero: Drama Classificação etária: 12 anos Tempo de Duração: 129 minutos Ano de Lançamento: 1989 Site Oficial: Estúdio/Distribuidora.: Walt Disney Direção: Peter Weir

Título no Brasil: Guerra de Canudos Título Original: Guerra de Canudos País de Origem: Brasil Gênero: Drama Tempo de Duração: 170 minutos Ano de Lançamento: 1997 Estúdio/Distribuidora.: Sony Pictures Direção: Sergio Rezende
Título no Brasil: Meia-Noite em Paris Título Original: Midnight in Paris País de Origem: Espanha / EUA Gênero: Comédia / Romance Classificação etária: 12 anos Tempo de Duração: 100 minutos Ano de Lançamento: 2011 Estréia no Brasil: 17/06/2011 Site Oficial: Estúdio/Distrib.: Paris Filmes Direção: Woody Allen
Título no Brasil: Baile Perfumado Título Original: Baile Perfumado País de Origem: Brasil Gênero: Drama  Tempo de Duração: 93 minutos Ano de Lançamento: 1997 Site Oficial: Estúdio/Distrib.: Direção: Paulo Caldas / Lírio Ferreira
Título no Brasil: Diários de Motocicleta Título Original: The Motorcycle Diaries País de Origem: Argentina / EUA / Inglaterra / Cuba / Alemanha / México / Chile / Peru / França Gênero: Drama Tempo de Duração: 130 minutos Ano de Lançamento: 2004 Estréia no Brasil: 07/05/2004 Site Oficial: http://www.motorcyclediaries.net/ Estúdio/Distrib.: Buena Vista Direção: Walter Salles
Título no Brasil: A Hora Da Estrela Título Original: A Hora da Estrela País de Origem: Brasil Gênero: Drama Tempo de Duração: 96 minutos Ano de Lançamento: 1986 Site Oficial: Não tem. Estúdio/Distribuidora.: Não tem. Direção: Suzana Amaral
Título no Brasil: O Auto da Compadecida Título Original: O Auto da Compadecida País de Origem: Brasil Gênero: Comédia Tempo de Duração: 104 minutos Ano de Lançamento: 2000 Site Oficial: Não tem. Estúdio/Distribuidora.: Sony Pictures Direção: Guel Arraes






Nenhum comentário:

Postar um comentário