Google+ Followers

sábado, 3 de agosto de 2013

Dicas e sugestões de temas para o Enem 2013


DICAS PARA REDAÇÃO NO ENEM 2013

1.    Estar sempre atualizado e bem informado sobre as questões sociais, de discussão pública, principalmente relacionadas ao nosso país. Para se manter atualizado leia revistas, jornais e livros, além de buscar por notícias na internet.

2.    Treinar: selecione temas que você acredita que podem cair no Enem e desenvolva suas próprias redações sobre estes temas. Se preferir refaça redações de edições anteriores.

3.    Use sua criatividade: como as propostas de redação normalmente apresentam um problema, utilize a sua criatividade para desenvolver soluções para tais problemas. Além de criar uma solução, saiba defendê-la, mostrando que sua ideia pode realmente funcionar e acabar ou pelo menos amenizar o problema.

4.    Não utilizar gírias e não repetir muitas vezes as palavras são dicas que sempre vale a pena ressaltar. Escreva um texto fácil de ser lido e entendido, sem frases muito extensas ou palavras pouco conhecidas.
.

SUGESTÕES DE TEMAS

1.REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL: Como todos sabem, a violência urbana é um dos maiores problemas do nosso país. Uma das medidas que vem sendo amplamente discutida nos últimos tempos é a redução da maioridade penal. E você é contra ou a favor?

2. IMPORTAÇÃO DE MÉDICOS: O Ministério da Saúde estuda a possibilidade de importar médicos de outros países. Essa tentativa, segundo o próprio ministro da saúde, visa amenizar a escassez desses profissionais nas regiões mais carentes. Em contrapartida, muitos protestos contra a possível medida já apareceram em diversos cantos do Brasil. Que tal estudar a polêmica um pouco mais a fundo?

3. MORTE DE HUGO CHÁVEZ: Após mais de um ano e meio de luta contra o câncer, no dia 5 de março de 2013, faleceu Hugo Chávez. A repercussão e as consequências da morte do presidente da Venezuela não podem estar ausentes no repertório daqueles que vão prestar o Enem.

4. MP DOS PORTOS: Você sabia que a Medida Provisória 595, que vai definir as formas de exploração dos portos e instalações portuárias do país, já sofreu mais de 150 modificações? Aliás, você sabe o que são os TUPs? Se você não entendeu muito bem do que estamos falando, é bom se atualizar desse polêmico assunto!

5. AMEAÇA DE ATAQUE NUCLEAR NORTE-COREANO: Você não leu errado, não. A Coreia do Norte voltou a ameaçar a vizinha Coreia do Sul e os Estados Unidos de ataques com armas nucleares. Além de poder virar tema da redação, esse assunto tem tudo para aparecer em questões de geografia.

6. TRAGÉDIA EM SANTA MARIA: A morte de 242 jovens na boate Kiss foi amplamente noticiada na mídia nacional e internacional. Fatalidade ou negligência? É bom ir preparando seus argumentos caso os examinadores decidam lembrar, na hora da prova, de um dos episódios mais tristes da história do Brasil.

7. MARGARET THATCHER: A morte da mulher que foi primeira-ministra do Reino Unido durante mais de 10 anos pode aparecer tanto na redação quanto nas questões objetivas do Enem de 2013. Seria interessante conhecer um pouco mais da biografia da política que se tornou um dos maiores símbolos da Inglaterra, não acha?

8. ATENTADO EM BOSTON: No dia 15 de abril de 2013, duas bombas foram detonadas na Maratona de Boston matando três pessoas e ferindo mais de 170. Você sabe quem foi autor e quais os motivos levaram a esse ataque terrorista?

9. EUTANÁSIA: A prática pela qual se abrevia a vida de um enfermo incurável de maneira controlada e assistida por um especialista sempre é motivo de polêmica e controvérsia, pois representa atualmente uma complicada questão de bioética e biodireito. E aí, qual a sua opinião?

10. A MULHER DO SÉCULO XXI: Cada ano que passa a mulher vem ganhando mais espaço na nossa sociedade. Mas ainda existem diversos desafios e conquistas pela frente. Elas, em geral, continuam ganhando menos e sofrendo diversos preconceitos quanto à liberdade sexual. Um prato cheio para o tema da redação, não acha?

11. DOAÇÃO DE ÓRGÃOS: Outro assunto polêmico ligado à saúde. Questões religiosas, muitas vezes, indo ao encontro de curas e tratamentos médicos. Listas gigantescas de pacientes a espera de órgãos. A burocracia para se tornar, de fato, doador. Vários pontos justificariam esse assunto como tema de redação.

12. TRABALHO (LEIS E DIREITOS): Muitos estudiosos afirmam que nossas leis trabalhistas são antigas, e, às vezes, inadequadas. Recentemente foi aprovada a PEC das domésticas. Pode ter certeza que vários pontos desse assunto você deve se atualizar para não ser pego de calça curta!

13. CONSUMO DE ÁGUA: Várias pesquisas mostram que água potável é um bem que pode acabar.  Com isso, o consumo consciente e a racionalização do uso da água, mesmo no Brasil, são assuntos atuais e fundamentais em toda esfera global. Você sabia, por exemplo, que o maior consumidor de água é os EUA e seu principal aquífero (Ogallala), responsável por um quinto das terras irrigadas no país, vem sofrendo grandes baixas por causa da exploração humana?

14. OBSOLESCÊNCIA PLANEJADA: Você pode até não saber o que é, mas certamente já foi vítima dela! A obsolescência programada acontece quando há uma ação deliberada da empresa fabricante que força o cliente a adquirir um novo modelo do bem. É o caso dos aparelhos domésticos ou equipamentos eletrônicos. É interessante ler um pouco sobre o assunto.

15. GRANDES EVENTOS ESPORTIVOS NO BRASIL: A confirmação da realização da Copa do Mundo de Futebol em 2014 e Olimpíadas em 2016 foram apontados, por muitos, como assuntos favoritos para o tema da redação do ano passado (2012). Apesar da expectativa, não apareceram. Mas quem garante que esse ano não possam ser cobrados?

16. OBESIDADE: A preocupação não é apenas com a estética. Muitas pessoas que estão com excesso de peso apresentam alterações nos níveis de colesterol, e, consequentemente, problemas cardíacos. Atualmente, a obesidade transformou-se num problema sério de saúde, numa epidemia que se alastra e já atinge parte expressiva da população, nas mais variadas faixas de idade. As causas são muitas, principalmente os hábitos alimentares baseados no fast food, salgadinhos e guloseimas, além de horas passadas em frente da televisão (sedentarismo).

17. CONSUMISMO INFANTIL / PUBLICIDADE PARA CRIANÇAS: Vale a pena entender e estudar toda a problemática da publicidade de alimentos considerados não saudáveis, que correspondem a mais da metade das publicidades dirigidas às crianças brasileiras. Seus altos investimentos a fim de fidelizar o público infantil, fogem do controle social e causam diversos efeitos colaterais indesejáveis, como por exemplo, a obesidade infantil.

18. A PARTICIPAÇÃO DO JOVEM NA SOCIEDADE: Os protestos no Brasil em 2013, que surgiram inicialmente para contestar os aumentos nas tarifas de transporte público, ganharam força com a participação dos jovens e servem como mote para a redação no Enem. Espera-se que o aluno mostre argumentos que apontem o jovem como agente transformador que, além de ter consciência cidadã, intervém com ações práticas.
Além da questão dos protestos, o candidato deve  citar outras ações, como a participação do jovem como eleitor e a importância do voto consciente e mostrar ações concretas de grupos voluntários formados por jovens que prestam solidariedade a outros grupos. É importante lembrar que nos dois ou três parágrafos de desenvolvimento, entre a introdução e a conclusão, é necessário apresentar mais de um argumento concreto que mostre o jovem como agente transformador da sociedade.

19. O ESPORTE COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL: Motivado pela Copa das Confederações neste ano, pela Copa do Mundo em 2014 e pela Olimpíada em 2016 no Brasil, se o esporte aparecer como tema, é importante que o aluno o defenda como uma forma de incluir minorias na sociedade. Vale mostrar o esporte como um meio para obter saúde física e mental, falar em pessoas portadoras de deficiência que conseguem se incluir em um grupo estimuladas pelo esporte e contar histórias de jovens carentes que, por meio do esporte, tiveram acesso aos estudos. No entanto, histórias particulares ou de pessoas próximas não são válidas como argumento: ao citar alguém em particular, é preciso dar nome a entidades ou pessoas famosas, para que o corretor tenha certeza de que o aluno não está inventando uma história.

20. A VALORIZAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA: Em 2013, motivado pelas manifestações populares que se espalharam pelo País, o governo brasileiro anunciou uma série de medidas relacionadas à questão da saúde pública. Entre as principais, o Brasil vai importar médicos estrangeiros para amenizar a escassez de profissionais nas regiões mais carentes, e estudantes de medicina de faculdades públicas e privadas terão que trabalhar dois anos no SUS para ter o diploma. Na redação do Enem, espera-se que o aluno faça uma reflexão a respeito da importância de priorizar a saúde, e que ele proponha possíveis soluções com base em sua realidade. É preciso tomar cuidado com os argumentos usados em eventuais críticas a medidas do governo. "O aluno não é obrigado a falar bem do governo, mas as críticas devem ser bem fundamentadas e é preciso trazer exemplos concretos positivos, para não unilateralizar a argumentação", explica. Para isso, é bom estar a par de setores da saúde que funcionam, como o programa de vacinação.

21. ALTERNATIVAS PARA O TRANSPORTE PÚBLICO URBANO: Estopim para a explosão das manifestações no Brasil, que desde o início protestavam contra o aumento das tarifas de ônibus e metrô, a questão da mobilidade urbana pode requerer soluções de candidatos na redação do Enem. Primeiro, é importante que o aluno mostre como essa questão interfere na vida dos cidadãos brasileiros. Além disso, é fundamental propor soluções sustentáveis e que não exijam gastos públicos exagerados.
Mais do que apontar os problemas, a prova exige do aluno uma proposta de solução. O ideal é citar exemplos de países onde o transporte público é eficiente, como Inglaterra e Holanda. Outro caminho para sair do senso comum é citar meios de transporte alternativos, como bicicletas ou grupos de caronas organizados por meio de redes sociais.

22.  A TECNOLOGIA COMO MEIO PARA A EDUCAÇÃO: Escolas particulares e públicas estão cada vez mais preocupadas em incluir tecnologias digitais na educação. Neste ano, o Ministério da Educação investiu em tablets para professores da rede pública, que podem não só ser um material didático, mas também estimular uma nova forma de educar. Se o tema da redação do Enem envolver tecnologia e educação, espera-se que o aluno aponte ações práticas que vêm sendo realizadas pelo governo ou por instituições privadas. Além de novas ferramentas, outro caminho possível é ressaltar os cursos de educação a distância, que vem crescendo, e usar um artifício chamado argumento analógico, quando o aluno compara gerações diferentes.
Argumentos contra o uso da tecnologia, neste caso, só funcionam se estiverem muito bem embasados e se o aluno fizer um contraponto com outros argumentos positivos. "É possível fazer uma defesa parcial, dizer que há aspectos positivos e negativos, mas é preciso que haja mais argumentos positivos, que concordem com o enunciado do tema". Apenas dois argumentos, um positivo e um negativo, não são suficientes, pois o Enem exige que o aluno escreva uma dissertação opinativa, não apenas expositiva.

23. COREIA DO NORTE: Nos últimos dias, o mundo inteiro está de olhos voltados para a Coreia do Norte e os possíveis ataques que o Ditador Kim Jong-un ameaçou fazer contra a Coreia do Sul e Estados Unidos.

24. LEIS E DIREITOS: PEC das Domésticas é uma emenda que visa maiores direitos para a categoria, entre eles: jornada de trabalho definida em oito horas diárias, pagamento de horas extra e o salário não deve ser inferior ao salário-mínimo, que hoje é de R$678,00. Além disso, a PEC exige que sejam seguidas as normas de higiene, segurança e saúde no trabalho e que o empregador siga as regras que já eram obrigatórias, mas que muitos não cumpriam: pagamento de pelo menos um salário-mínimo ao mês; recolhimento de Previdência Social, folga aos domingos, férias remuneradas, 13º salário, aposentadoria, licença maternidade e paternidade, aviso-prévio e carteira de trabalho assinada.


O aluno ainda deverá ficar atento para temas como:

- Energia nuclear e vulcões.
- Globalização.
- Direitos Humanos.
- Ato Médico
- Cidadania.
- Plebiscito.
- Meio ambiente/Ecossistema/Desmatamento
- A transformação da mulher na sociedade contemporânea.




Um comentário:

  1. Professor Manoel, tudo bom? Fui seu aluno em Macaparana. Gostei muito das dicas apresentadas como possíveis temas para o ENEM 2013. Vou compartilhar essas sugestões com os meus alunos, tendo o cuidado de informar a fonte desse grande professor com quem tive a oportunidade de aprender muito no Ensino Médio. Um grande abraço!

    ResponderExcluir