Google+ Followers

sábado, 15 de outubro de 2011

PLANO DE AULA

DISCIPLINA: Educação Inclusiva

OBJETIVOS EDUCACIONAIS

CONCEITUAL
Compreender a educação inclusiva como um processo que deve ser ampliado a todos os estabelecimentos de ensino regular visando à reestruturação da cultura, da prática e das políticas vivenciadas nas escolas de modo que estas respondam à diversidade dos alunos.
PROCEDIMENTAL 
Desenvolver a capacidade de percepção quanto ao sujeito e suas singularidades considerando crescimento, satisfação pessoal e inserção social de todos.
ATITUDINAL
Reconhecer relações entre ética e valores em respeito às diferenças e direito de igualdade no meio social. 

DESENVOLVIMENTO METODOLÓGICO

ELEMENTO MOTIVACIONAL
Dinâmica com o texto "A história do lápis". Os alunos deverão, em poucas palavras fazer uma relação do conteúdo do texto com a disciplina. Em seguida, em grupo de trabalho (GT), discutirão cenas relacionadas à educação e construirão uma paródia para cada cena estudada.
VERIFICAÇÃO DO CONHECIMENTO PRÉVIO DA TURMA
Acontecerá a medida que o conteúdo for sendo explanado. A partir das discussões será observado o conhecimento da turma considerando-se os diferentes saberes e sempre que for necessário o professor fará intervenções.

METODOLOGIA

1º MOMENTO
Exposição sobre a disciplina, objetivos da aula e início do conteúdo com breve histórico da Educação Inclusiva.
Introdução aos conceitos gerais de educação inclusiva com apresentação de slides.
Estudo em grupo e apresentações.
2º MOMENTO
Exposição dialogada sobre os aspectos históricos na perspectiva da educação inclusiva, alunos com necessidades educacionais especiais e escola inclusiva.
Esquema resumo para sistematização do conhecimento.
Aplicação da avaliação para verificação da aprendizagem.

RECURSOS DIDÁTICOS
Apostila do curso.
Quadro.
Projetor de multimídia.
Textos para leitura.
Debates.
Esquemas.

CRITÉRIOS E INSTRUMENTOS AVALIATIVOS
Sistema de avaliação   Valor da avaliação    Instrumentos avaliativos
1. Presença                        2,0 pontos                    Relação de frequência
2. Trabalho do módulo      3,0 pontos                    Pesquisa de campo
3. Prova (sala)                    5,0 pontos                   Avaliação elaborada

DISCRIMINAÇÃO DOS INSTRUMENTOS AVALIATIVOS
TRABALHO DO MÓDULO
A pesquisa de campo versará de questões que devem ser elaboradas individualmente por cada estudante sobre educação inclusiva no(s) município(s), onde poderão entrevistar professores de classes especiais, de classes regulares, educadores de apoio e secretários de educação. (A escolha de quem vai ser entrevistado fica por conta do(a) estudante).
Realizada a pesquisa, cada estudante fará análise dos dados e produzirá um texto com os resultados obtidos.
PROVA (SALA)
Prova com questões discursivas para ser respondida individualmente onde será melhor avaliado o conteúdo trabalhado no módulo. Será permitida a consulta dos materiais (textos, apostila) utilizados em aula. O material poderá ser utilizado como apoio e não para cópia. Só serão consideradas corretas as respostas que apresentem coerência com os assuntos abordados.

REFERÊNCIA COMPLEMENTAR
MACHADO, Adriana Marcondes. et. al. Inclusão e escolarização: múltiplas perspectivas.
1ª reimpressão. Porto Alegre: Mediação, 2009.





Nenhum comentário:

Postar um comentário