Google+ Followers

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Uso dos pronomes "me" e "mim"


                      PRONOMES OBLÍQUOS

         me                                                                             mim
        (átono)                                                                     (tônico)
completa o sentido de um verbo                           sempre seguido de preposição
sem auxílio de preposição                                       (a, para, sem, por ...)

 Exemplos

a)     Carlos me emprestou um livro de poesias.
b)    Carlos emprestou um livro de poesia a mim.

 
PARA EU / PARA MIM

Para eu: expressão usada antes do verbo no infinitivo.

Exs.:  a) A bibliotecária emprestou o livro para eu ler.
          b) Para eu compreender o texto, consultei o dicionário várias vezes.

Para mim: quando depois da expressão não vier verbo no infinitivo.

Exs.:  a) Para mim, a compreensão de textos é fundamental.
               Expressão deslocada
         b) Compreender textos, para mim, é fundamental.
         c) Compreender textos é fundamental para mim.

 
COMO USAR “ME” e “TE”, “MIM e TI”?

Me” e “te”: pronomes oblíquos átonos.
- São usados sem preposição.
- Funcionam como objeto direto.

Exs.:  a) O professor mostrou-me uma nova forma de entender o assunto.
          b) Busquei-te tantas vezes que me cansei.


“Mim” e “ti”: pronomes oblíquos tônicos.

- Funcionam como objeto indireto.

Exs.:  a) Todos os prêmios vieram para mim.
          b)Todos os prêmios vieram para ti, para mim, nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário